Envio bancário, Homologação

De GWiki

Homologação consiste em simulações de envio bancário, pagamento e retorno bancário que a instituição deve fazer junto ao banco, a fim de se certificar do aceite dos seus boletos emitidos pelo Gennera no banco.

  • ATENÇÃO:
  • Somente após a aprovação formal do banco dos arquivos e bloquetos analisados é que a instituição poderá iniciar o envio e retorno bancário de bloquetos gerados através do Gennera.
  • A Gennera não se responsabiliza pela entrega de bloquetos não homologados aos alunos, sendo responsabilidade da instituição a conclusão de todo este processo, evitando transtornos no recebimento dos valores.

Tabela de conteúdo

Regras para Cobrança por Bloqueto/ Remessa

Para que a instituição possa utilizar os bloquetos e remessa emitidos através do Gennera, é necessário que os seguintes passos sejam realizados:

  • A instituição deve consultar seu gerente de conta para definir qual modalidade de cobrança será utilizada, cujos padrões são definidos pela FEBRABAN;
  • Iniciar novo processo de validação bancária para esta forma de cobrança e, para acompanhamento da Gennera, deverá ser aberto um chamado no GSAG como "Integração bancária";
  • IMPORTANTE:
  • Cada conta corrente deverá ser homologada pelo banco;
  • Este processo deverá ser feito para cada cobrança realizada (mensalidade, títulos a pagar e receber), mesmo quando utilizada a mesma conta corrente.

Passos para homologação de Mensalidade

Para que a instituição possa utilizar os bloquetos e remessa de mensalidade emitidos através do Gennera, é necessário que os seguintes passos sejam realizados:

  • Cadastrar e matricular um aluno teste;
  • Gerar cerca de 15 parcelas no valor de R$20,00;
  • Emitir os bloquetos e arquivo de remessa (de acordo com a carteira contratada) através da tela Envio bancário;
  • Enviar os arquivos gerados ao e-mail fornecido pelo gerente da instituição bancária para que seja analisado;
  • Reportar através do GSAG o retorno fornecido pelo banco, para novas orientações.

Passos para homologação de Títulos a receber

Para que a instituição possa utilizar os bloquetos e remessa de títulos a receber emitidos através do Gennera, é necessário que os seguintes passos sejam realizados:

  • Cadastrar e matricular um aluno teste;
  • Cadastrar um título a receber, gerando cerca de 15 parcelas no valor de R$20,00;
  • Emitir os bloquetos e arquivo de remessa (de acordo com a carteira contratada) através da tela Relatório de título a receber;
  • Enviar os arquivos gerados ao e-mail fornecido pelo gerente da instituição bancária para que seja analisado;
  • Reportar através do GSAG o retorno fornecido pelo banco, para novas orientações.
Mesmo que a instituição já tenha validado boletos e arquivo de remessa de mensalidades, este processo deve ser feito exclusivamente
para os títulos.

Passos para homologação de Títulos a pagar

Para que a instituição possa utilizar a remessa de títulos a pagar gerada através do Gennera, é necessário que os seguintes passos sejam realizados:

  • Cadastrar um título a pagar, gerando cerca de 15 parcelas no valor de R$20,00;
  • Gerar o arquivo de remessa através da tela remessa de títulos;
  • Enviar os arquivos gerados ao e-mail fornecido pelo gerente da instituição bancária para que seja analisado;
  • Reportar através do GSAG o retorno fornecido pelo banco, para novas orientações.
Mesmo que a instituição já tenha validado arquivo de remessa de mensalidades, este processo deve ser feito exclusivamente
para os títulos.

Regras para Cobrança por Débito Automático

Para que a instituição possa utilizar o recurso do Débito Automático para o pagamento das parcelas dos alunos, é necessário que os seguintes passos sejam realizados:

  • A instituição deve solicitar ao banco a alteração do convênio para utilizar o Débito Automático;
  • Débito em Conta - "Nr. Remessa": é o número que o banco informa para iniciar as remessas
  • Débito em Conta - "Convênio": é novo número do convênio, não é necessário alterar demais campos;
  • Iniciar novo processo de validação bancária para esta forma de cobrança e, para acompanhamento da Gennera, deverá ser aberto um chamado no GSAG como "Integração bancária";
  • O pai quando desejar esta forma de cobrança, deverá entrar em contato com o Banco para autorizar o débito, munido do boleto ou do documento emitido na tela de matrícula botão "Débito em Conta";
Ferramentas pessoais