Retorno bancário

De GWiki

Retorno bancário é um processo de registro de recebimento de parcelas no sistema. É preciso acessar diariamente o Internet banking do banco contratado pela instituição e salvar no computador o arquivo (.txt) dos registros dos pagamentos efetuados em um determinado período. O arquivo que contém estes registros deve ser importado no sistema, para que as parcelas contidas nele sejam liquidadas de forma automática.

Tabela de conteúdo

Campos da tela

Arquivo | Banco

Funcionamento da tela

  • Menu de acesso:
Financeiro\ Transação bancária\ Retorno bancário
  • Baixar parcela
Localizar o arquivo de retorno bancário
Selecionar o banco correspondente
Pressionar o botão salvar
O sistema apresentará um resumo da importação
Para visualizar o espelho da importação, clicar em cima do nome do arquivo
Se desejar, pressionar o botão imprimir
Caso o usuário não tenha acesso à conta corrente, será apresentada a mensagem Você não possui acesso liberado para a Conta:xxxxx / Agência:xxxxx. Veja no item "Dica" como ajustar o acesso do usuário.
  • Limpar a tela
Pressionar o botão novo

Liberação de acesso

  • Processar o Retorno Bancário

Dica

  • Para importação de retorno bancário, o usuário deverá ter acesso à conta corrente. Caso seja apresentada a mensagem de que o usuário não possui acesso, verifique e atribua acesso através da tela vínculo do usuário com a conta corrente.
  • O nome do arquivo de retorno não deve conter acentos ou caracteres especiais (Exemplo: ç, é, %).
  • Saiba como tratar cada situação de retorno bancário.
  • ATENÇÃO: O valor total do arquivo de retorno bancário é igual ao valor total creditado na conta corrente da instituição. Esse valor total pode não corresponder ao valor total dos títulos baixados pelo sistema. Isso acontece porque o arquivo de retorno bancário pode conter Pagamento duplicado e/ou Documento não encontrado no sistema.
  • Quando não existir parametrização de multa e juros na instituição e houver Retorno Bancário o sistema informará nos relatórios (RET) que houve diferença nos pagamentos (a menor ou a maior) não havendo mais nenhuma ação posterior. Ficará a cargo do usuário tratar ou não esta diferença (DIF).

Dica Contabilização

  • Para títulos com situação 'Não Encontrado', os valores das tarifas são creditados na movimentação da conta corrente já no momento da importação do arquivo, contudo, para a movimentação contábil, somente são lançados os valores das tarifas após o ajuste manual da parcela, uma vez que apenas neste momento o sistema é capaz de identificar a qual a instituição o valor ficará vinculado.

Ligação externa

Ferramentas pessoais